Existe remédio para dependência química?

De repente, a dependência química bateu na porta da sua vida. Não importa se é com você ou com alguém próximo. A partir do momento que ficamos consciente que trata-se de uma doença, queremos resolver, certo? E aí vem a dúvida: se tratamos uma infecção com antibiótico, existe remédio para dependência química? A resposta você ficará sabendo ao longo deste texto. Confira:

A ciência, embora já tenha feito importantes descobertas a respeito da dependência química, ainda não sabe de uma fórmula mágica para que uma pessoa tome e imediatamente fique curado. O que temos certeza é que trata-se de uma doença multifatorial, ou seja, são fatores biológicos, psicológicos e sociais envolvidos em sua causa. É uma doença em que o indivíduo não consegue controlar seus impulsos em usar uma droga, e sente-se ansioso, agitado e tem alterações de humor quando não usa.

Pensando em seus principais sintomas: intoxicação, compulsão pelo uso e síndrome de abstinência – um remédio para dependência química precisaria agir na desintoxicação do organismo, no controle dos impulsos e no alívio dos desconfortos da abstinência, certo?

Atualmente ouvimos muito sobre relatos da ibogaína como um remédio definitivo, no entanto, as evidências são de que a aplicação da ibogaína age principalmente na desintoxicação das drogas, seu efeito não se estende para o controle da compulsão pelo uso, nem mesmo nos sintomas da abstinência. Por isso, é muito comum recebermos pacientes aqui na Clínica Viva que já passaram por uma experiência com a ibogaína, porém recaíram porque não conseguiram lidar com sua vida nos dias depois, tiveram muita dificuldade em controlar seus comportamentos impulsivos e mudar seu estilo de vida.

Apesar de relatos que a citam como um remédio definitivo, a ibogaína age na desintoxicação de drogas, não afetando a compulsão do uso e nem os sintomas da abstinência.
O uso de ibogaína no tratamento da dependência química não é suficiente para a recuperação completa.

Então não existe remédio para dependência química?

O que já existe é um programa intensivo que reúne a desintoxicação rápida, alívio dos sintomas da abstinência com um conjunto de medicamentos fitoterápicos e a intervenção psicoterapêutica focada no comportamento.

Desintoxicação Acelerada

Uma forma de ajudar o dependente químico no processo de recuperação é através da eliminação rápida das substâncias psicoativas. Na prática, o remédio para dependência química reduz os sintomas de abstinência e proporciona mais agilidade na recuperação física e psicológica do dependente.

“O processo de desintoxicação é fundamental para a recuperação. Na verdade, é o ponto de partida porque é necessário que o paciente esteja física e psicologicamente livre de substâncias psicoativas. Posso garantir que este processo de desintoxicação acelerada é o que faz a maior diferença no resultado.”, explica o terapeuta Julio César de Campos.

Você deve estar perguntando ‘onde encontro esse remédio para dependência química?’. A desintoxicação acelerada Cortexetina é exclusividade da Clínica Viva e foi desenvolvida após anos de pesquisa do Laboratório de Desenvolvimento Fármaco-Científico.  Totalmente seguro e com a eficácia clínica comprovada. Além do sucesso no seu uso, a desintoxicação acelerada Cortexetina não provoca alucinações ou reações físicas que comprometam a saúde do dependente químico.

Especialista explica a importância da desintoxicação no tratamento da dependência química
A desintoxicação é o ponto de partida para o tratamento

Por que funciona?

A desintoxicação acelerada Cortexetina tem agentes quelantes (do grego, “pinça” – todo agente que tem a capacidade de capturar e/ou eliminar) que promovem a limpeza do organismo, restabelecendo os níveis adequados de neurotransmissores, vitaminas, minerais e aminoácidos para o bom funcionamento do corpo e da mente, deixando o dependente químico mais disposto física e emocionalmente.

“As intervenções farmacológicas têm papel crucial no tratamento das dependências porque atuam diretamente no controle dos sintomas indesejados. Alcançamos alto nível de eficiência em nossos medicamentos.” esclarece o biomédico e doutor em Química Biológica, Rodrigo Lucarini; responsável pelo Laboratório de Desenvolvimento Fármaco-Científico da Clínica Viva.

Reabilitação Completa

Além da desintoxicação acelerada Cortexetina, aqui na Clínica Viva o dependente químico tem um kit de fármacos produzidos com substâncias naturais que agem em conjunto no organismo para o tratamento dos sintomas típicos da abstinência, alívio da ansiedade e controle da compulsão. Cada tipo de dependência tem um kit de fármacos exclusivo, respeitando os efeitos de cada droga.

medicamento-desintoxicação-dependentes-quimicos-drogas
Cortexetina: medicamento para tratamento da dependência química

Para uma reabilitação completa, o dependente químico também conta com toda estrutura multidisciplinar da Clínica Viva. Há consulta com médico psiquiatra e sessões de terapia cognitiva-comportamental para que o paciente mude o comportamento e busque uma vida mais saudável e feliz. “A equipe multidisciplinar é importante para que o paciente seja avaliado em sua totalidade. Todos os envolvidos trabalham com profissionalismo, dignidade e respeito ao paciente”, afirma a psicóloga especialista em dependência química e doutoranda em Psicologia Sonia Regina Solano Paes Breda.

Resumindo, se você está procurando remédio para dependência química, saiba que a Clínica Viva tem um tratamento completo no qual inclui o processo de desintoxicação acelerada, um kit de medicamentos fitoterápicos, além do acompanhamento de especialistas em dependência química.  Procure ajuda de quem tem experiência no assunto. Acesse o nosso site: www.vivaclinicaterapeutica.com.br.

Guia Informativo - Drogas: Escolha ou Doença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *