Como as drogas alteram o funcionamento do cérebro

Que as drogas provocam alterações na consciência de seus usuários não é segredo para ninguém. Um estudo desvendou, através de ressonâncias magnéticas, como as drogas alteram o funcionamento do cérebro. Veja a seguir o efeito cerebral causado por quatro drogas diferentes: álcool, cocaína, cogumelos alucinógenos e maconha.

Álcool

Alterações causadas no cérebro por consumo de álcool

Os autores de um estudo reuniram dois grupos de pessoas – as que bebem até cair e as que bebem regularmente, mas sem exagero – para fazer um teste de memória enquanto seus cérebros eram observados via scanners.

Primeiro, os participantes tinham que apertar um botão quando um determinado número fosse exibido. Depois, eles tinham que apertar de novo o botão quando o mesmo número fosse mostrado de novo após dois intervalos.

Veja também: Reconheça os sinais de dependência química em você mesmo

O grupo de pessoas que bebem até cair mostrou mais atividade cerebral do que o outro grupo. Quanto mais eles bebiam, mais o cérebro mostrava alterações anormais. Foi possível perceber que os dois grupos usam áreas diferentes do cérebro para realizar a mesma tarefa.

A possível explicação para isso é que, uma vez que as regiões do cérebro responsáveis por realizar uma tarefa não respondem direito, novas áreas são recrutadas para “assumir” essa carga de trabalho.

Cocaína

Alterações causadas no cérebro por consumo de cocaína

A cocaína entra na corrente sanguínea e age no cérebro em poucos segundo, não importa como ela é consumida. Chegando lá, o cérebro estabelece um intenso sentimento de euforia, causado pela sobrecarga de dopamina, psicoativo da cocaína. A sensação de prazer é tão forte que alguns animais de laboratório chegam a trocar comida por cocaína.

A parte do cérebro afetada pela cocaína inclui importantes centros de memória que, em estado normal, nos ajudam a lembrar de onde a fonte de prazer veio. Daí o alto poder de dependência da substância: por afetar áreas ligadas ao prazer, os usuários sempre vão procurar pelo narcótico.

Camundongos dopados com cocaína desencadearam uma série de alterações nas células cerebrais no córtex pré-frontal – região responsável pelas tomadas de decisões e de inibição. Quanto maior a exposição à droga, maior o desejo de acessá-la novamente.

As evidências científicas também mostram que a droga pode afetar as estruturas cerebrais já na primeira vez.

Veja também: Quando começar o tratamento para a dependência química?

Cogumelos alucinógenos

Alterações causadas no cérebro por consumo de cogumelos

O uso de cogumelos alucinógenos pode mudar a mente por acalmar a atividade cerebral tradicional e iniciar novas conexões entre as áreas do cérebro que originalmente não se comunicam.

Ao consumir a droga, a psilocibina – psicoativo presente nos cogumelos – age aumentando atividade cerebral, aumentando as sinapses e conectando áreas antes desconectadas.

São essas novas conexões que causam o efeito alucinógeno. O usuário passa a ter alucinações, ouvir vozes e ver cores inexistentes. Essas alterações também tem caráter relaxante, por isso tem caráter viciante.

Maconha

Alterações causadas no cérebro por consumo de maconha

Uma das grandes diferenças entre o cérebro de um usuário de maconha com o de quem nunca fumou é o tamanho. O córtex orbitofrontal, uma parte crítica do cérebro responsável por processar emoções e tomar decisões, parece menor – como se tivesse encolhido. Além disso, algumas conexões mais fortes entre algumas partes do cérebro também podem ser observadas.

Porém, os pesquisadores não conseguem explicar com precisão a relação do córtex menor com o uso da maconha. Existem duas possibilidades: a primeira é que o córtex orbitofrontal menor é natural e é uma predisposição para usuários de maconha; a segunda é que o uso exagerado de maconha que causa a redução do córtex orbitofrontal.

Essa observação foi feita através de imagens tridimensionais de adultos que fumavam maconha pelo menos quatro vezes por semana, durante anos.

Veja também: Saiba como é a desintoxicação de drogas

Com informações da revista Galileu.

Guia Informativo - Drogas: Escolha ou Doença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *