A importância da participação da família em um tratamento

 

Um pai alcoolista. Uma irmã dependente de crack. Uma mãe que sofre com TOC. Um irmão dependente de internet. Os cenários podem ser variados, mas a verdade é que qualquer família pode ter um ou mais casos de doença de origem emocional. E quem costuma sofrer com as atitudes e/ou comportamento da pessoa? Sim, a família. Os membros familiares sofrem por, muitas vezes, não entenderem o que é a doença, muito menos como ajudar. Há, também, os que negam que alguém tão querido pode estar doente.

Se você tem um familiar doente e chegou até aqui foi porque se preocupa com a sua família e quer entender do que ele sofre e, principalmente, como ele pode se recuperar. E você está certo. Negar a doença ou deixar que o outro “se vire” não é uma atitude que facilita a recuperação.

Os familiares costumam ser a maioria dos que incentivam uma pessoa a buscar tratamento – o que já é excelente.  Mas não para por aí (ou, pelo menos, não deve parar). A participação da família no tratamento é de extrema importância, pois quando uma pessoa percebe que tem o apoio, a compreensão e o conforto da família, ela fica muito mais disposta ao tratamento e os resultados são melhores e mais duradouros.

Além da importância citada acima, é justamente a família que tem contato direto com a pessoa que está doente, pois, apesar das possíveis desavenças, o amor pelo outro faz com que uma família nunca desista de ter esperança e de lutar pelo ente querido.

A Clínica Viva faz questão de estar preparada para receber a família, pois sabe de sua importância, desde o incentivo ao tratamento até a manutenção da doença, seja ela no controle da abstinência ou dos impulsos. Por isso, a Clínica Viva possui profissionais especializados que dão apoio e suporte aos familiares do paciente, através de sessões presenciais ou por telefone.

Feliz dia da família (8 de dezembro)! E, se precisar, conte com a gente: Acesse rede de atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *