Modelo supera anorexia e fica famosa após trabalhos como plus size

 

“Você pode ser modelo, se perder peso”, assim disseram a Crystal Renn quando ela tinha apenas 14 anos. O resultado foi a perda de 42% de sua massa corporal e sofrer anorexia por anos. Mas foi só depois de recuperar a saúde que ela entrou no mundo da moda, tornando-se uma bela modelo plus size, com manequim 44. Entre alguns de seus trabalhos, campanhas para grifes famosas, como Mango, Chanel e Dolce & Gabbana.

“Tinha uma necessidade insaciável de ter sucesso em uma idade tão jovem e de experimentar o mundo. Sei que costumava ter um pensamento distorcido, mas mudei e queria ajudar outros a mudar também. Evoluir minha mentalidade me abriu para um mundo inteiro de possibilidades e uma paz que não tinha conhecido anteriormente”, disse.

Crystal escreveu o livro “Hungry” (Faminta, em tradução livre), onde narra sua trajetória. “Eu queria contar a história da minha vida até este ponto, que incluiu muitas dificuldades para superar”, disse ela.

A top model, além de superar a anorexia, quer incentivar “as pessoas a questionar noções preconcebidas sobre o que significa ser bonito e os rituais perigosos que alguns estão dispostos a ir para alcançar esse padrão.”

Com informações do Daily Mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *