Compulsão alimentar é retratada em pinturas

Pegar escondido uma porção generosa do doce favorito e se esconder no banheiro para comê-lo. Assim é a vida de muitas pessoas que sofrem de compulsão alimentar – impulso incontrolável de comer seguido de culpa. E este comportamento tornou-se tema de uma série de pinturas feitas pela americana Lee Price. Nos desenhos, várias mulheres, algumas delas nuas, comem em lugares incomuns, como banheiros e quartos.

“Uso a comida como metáfora para as formas que distraímos a nós mesmas de estarmos presentes. Estes são locais privados, locais de solidão e locais incomuns para encontrar alguém se alimentando”, afirmou Lee para o site “The Other Journal”.

Veja: tratamento para compulsão alimentar

Segundo a artista, é no espaço privado que a compulsão alimentar se revela. “A solidão e a paz destes ambientes são uma boa justaposição da sensação de descontrole do comportamento da mulher”, disse.

As modelos do ensaio foram clicadas com uma câmera no teto dos cenários para transmitir uma experiência extracorporal. Sem julgar como boa ou má, a artista apenas quis explorar as razões pelas quais as mulheres saciam de forma absurda o desejo por comida e questiona o que realmente elas procuram.

Mas a americana acredita já ter a resposta para a pergunta. “As mulheres em minhas pinturas estão buscando um lugar de consolo. Elas estão procurando por uma reaprendizagem da alegria. Elas estão buscando a luxúria da vida”, conclui Lee.

Confira alguns trabalhos de Lee:

lee_price5 lee_price4lee_price3 lee_price1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *