Dependente de celular: 4 dicas indispensáveis para não se tornar um

Nomofobia. A palavra em si pode não ser bem conhecida, mas com certeza você conhece alguém que é dependente de celular (ou acredita que seja). O termo vem da expressão “no mobile fobia”, ou “fobia de ficar sem celular”, em uma tradução livre, mas os especialistas também aplicam para dependentes em outros aparelhos tecnológicos, como tablets.

Lógico que nem todo mundo que fica horas no celular é dependente, porém, é preciso avaliar a relação com a tecnologia. Algumas pessoas sofrem em ficar longe do smartphone e até apresentam sintomas como ansiedade, angústia, irritabilidade, pânico e até tremores.

Para ter uma relação saudável com a tecnologia, especialistas da Clínica Terapêutica Viva separaram quatro dicas indispensáveis para você não ficar dependente de celular. Confira:

1) Bons sonhos

Tudo bem usar o celular como despertador, mas o aparelho não precisa ir para cama com você. Aliás, ficar mexendo no smartphone antes de dormir é comprovadamente maléfico para uma boa noite de sono. Então, deixe em um lugar próximo de você, mas sem que ele atrapalhe seu descanso.

2) Priorize as relações humanas

Tudo bem querer passar a fase de um jogo ou ver o que está acontecendo no facebook, mas não deixe que isso atrapalhe suas relações humanas. Saia com os amigos, almoce com a família ou namore sem ficar a todo o momento checando se há algo novo no celular.

3) Notificações

Aqueles sons ou símbolos na tela identificando que há novidades ou interação nas redes sociais ou aplicativos são uma faca de dois gumes: se por um lado pode alertar algo que de fato era importante, por outro lado pode transformar as pessoas em eternos caçadores de notificação, o que não é saudável. Na dúvida, busque configurar quais notificações você deseja receber.

4) Folga para o celular

Não é preciso ficar sem um aparelho celular, mas é possível dar uma folga. Uma boa alternativa é estabelecer locais sem celular, como cinema, teatro, férias, etc. Com certeza há momentos que você pode ficar sem smartphone.

Está difícil ter uma relação saudável com o celular? Entre em contato com a Clínica Viva e tenha o apoio de uma equipe de profissionais especializados que te ajudarão a usar o celular e demais tecnologias de maneira mais benéfica. Acesse: Rede de atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *