Fotos impressionantes registram o cotidiano de uma menina criada por pais dependentes químicos

Nas ruas de São Petersburgo, buscando inspiração para fazer um ensaio fotográfico sobre sentimentos, a fotógrafa Irina Popova viu Lilya visivelmente embriagada transportando um carrinho de bebê com a filha pequena, Asfina.

AnotherFamily1

A mulher, dependente química, convidou a fotógrafa para seu apartamento e conhecer o pai da criança, Pasha. Assim, começava o que seria o livro “Another Family” (Outra Família, em tradução livre).

AnotherFamily2

Irina conseguiu captar de uma forma impressionante a realidade da família, com a pequena Asfina crescendo em meio ao caos e vendo os pais sob os efeitos das drogas.

O ensaio fotográfico gerou tanta repercussão, que várias pessoas pediram que Asfina fosse retirada dos pais. A polêmica envolveu até o trabalho da fotógrafa, já que ela não interveio. “Eu pensei que era importante para fazer as pessoas pensarem mais sobre o nível de verdade que eles geralmente não querem pensar”, disse Irina ao jornal Daily Mail.

AnotherFamily4

A menina nunca foi tirada do casal. Em 2012, Lilya deixou a filha com o pai para se internar em uma clínica de recuperação. Asfina atualmente frequenta o jardim de infância e o pai trabalha como eletricista.

AnotherFamily13 AnotherFamily12 AnotherFamily11 AnotherFamily10 AnotherFamily8 AnotherFamily7 AnotherFamily5

AnotherFamily14

Com informações do Daily Mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *