Superação: Jovem mostra sua luta contra a anorexia no instagram

Em um leito de hospital, com o coração, órgãos e ossos fracos, a sueca Antonia Ericksson, 18 anos, poderia ter desistido de lutar contra a anorexia. Mas, ao invés de render-se, ela tomou uma decisão: ia superar a doença e compartilhar sua luta através de uma conta no instagram. Hoje, Antonia serve de inspiração para pessoas do mundo todo através da conta @eatmoveimprove.

A batalha começou em setembro de 2012, após ser internada em um hospital para tentar recuperar a vida. Antonia inicialmente começou a postar anonimamente para a conta @fightinganorexia. “Levei um tempo antes de decidir compartilhar minha identidade. Então eu abri essa conta pessoal @eatmoveimprove para contar a minha recuperação e, em seguida, ela cresceu e se transformou no que é hoje”, disse a jovem para o jornal The Daily Dot.

Foto: Reprodução / @eatmoveimprove
Foto: Reprodução / @eatmoveimprove

Suas primeiras fotos mostram uma jovem bem debilitada, além do leito do hospital. Aos poucos, o corpo de Antonia foi ficando mais forte e, após dois meses de internação, ela pode sair do hospital. Ela passou a seguir um plano de alimentação saudável e conquistou um corpo sadio. Hoje em dia, além de fotos na academia ou fazendo uma refeição nutritiva, Antonia exibe um corpo com músculos.

“O instagram me ajudou muito. Eu encontrei outras pessoas que se sentiram da mesma maneira ou estavam lutando contra batalhas como a minha. Apoiamos um ao outro muito e quando eu estava me sentindo baixo, eu podia sempre recorrer a minha ‘família instagram’ para pedir apoio e aconselhamento”, disse ela ao The Daily Dot.

Antonia também administra um blog de ​​fitness Eatmoveimprove, onde responde perguntas sobre si mesma, sua saúde e transtornos alimentares em geral. Já perguntas sobre peso e como emagrecer, Antonia é categórica: não fala sobre isso. “Perder peso estava quase me fazendo perder a vida. Você não deve me perguntar como fazer isso. Isso é como me perguntar como cometer suicídio”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *