Série britânica retrata obesidade na adolescência

A série britânica My Mad Fat Diary conquistou um grande público graças à sua sensibilidade e realismo ao mostrar dilemas típicos da adolescência, misturando drama, humor e sagacidade. Adaptada por Tom Bidwell, a série é baseada na obra biográfica de Rae Earl e a primeira temporada, exibida pelo canal E4 no início deste ano, tem seis episódios de 50 minutos cada.

Situada em 1996, a história de My Mad Fat Diary narra a vida de Rae (Sharon Rooney), uma jovem obesa de 16 anos que vive em Lincolnshire com sua mãe. Após quatro meses em um hospital psiquiátrico, Rae tenta retornar à vida de antes sem deixar que as velhas coisas a afete. Assim que retorna para casa, ela volta a sair com sua velha amiga Chloe e é ela que apresenta ao grupo de amigos em que a personagem principal tem contato. Além deles, Rae mantém as amizades feitas no hospital psiquiátrico.

Outro ponto forte apresentado na série é a relação de Rae com o psicólogo, Dr. Kassar (Shazad Latif), mostrando suas evoluções nas sessões de terapia.

Além da obesidade e suas consequências, como baixa autoestima, a série aborda questões como bullying, famílias disfuncionais, jovens fora de padrão de beleza esperado pela sociedade e homossexualismo.

Bem recebida pela crítica e conquistando a média de 500 mil telespectadores, a segunda temporada de My Mad Fat Diary está prevista para o início de 2014.

Confira o trailer da primeira temporada da série:

Com informações de revista Veja, blog Livrólogos e site Papelpop

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *