Como reconhecer um jogador compulsivo?

O jogo compulsivo, também chamado de jogo patológico, é um problema de saúde caracterizado pela falta de controle no impulso de jogar. Quem sofre desta doença passa, aos poucos, aumentar a quantia gasta em jogo, prefere locais que possa jogar do que ficar com a família ou não consegue ter outra atividade social. Com isso, o jogador compulsivo sofre com problemas financeiros, familiares e até profissionais.

Mas até que ponto jogar não é doença? A irmandade Jogadores Anônimos elaborou um questionário que pode ajudar identificar se você ou alguém que você conheça tem características de um jogador patológico:

1. Você já perdeu horas de trabalho ou da escola devido ao jogo?

2. Alguma vez o jogo já causou infelicidade em sua vida familiar?

3. O jogo afetou a sua reputação?

4. Você já sentiu remorso após jogar?

5. Alguma vez você já jogou para obter dinheiro para pagar dívidas ou então resolver dificuldades financeiras?

6. O jogo causou uma diminuição na sua ambição ou eficiência?

7. Após ter perdido você se sentiu como se necessitasse voltar o mais cedo possível e recuperar as suas perdas?

8. Após um ganho você sentiu uma forte vontade de voltar e ganhar mais?

9. Você geralmente jogava até que seu último centavo acabasse?

10. Você já pediu dinheiro emprestado para financiar seu jogo?

11. Alguma vez você já vendeu alguma coisa para financiar o jogo?

12. Você relutava em usar o “dinheiro de jogo” para as despesas normais?

13. O jogo o tornou descuidado com o seu bem estar e o de sua família?

14. Alguma vez você já jogou por mais tempo do que planejava?

15. Alguma vez você já jogou para fugir das preocupações ou problemas?

16. Alguma vez você já cometeu, ou pensou em cometer um ato ilegal para financiar o jogo?

17. O jogo fez com que você tivesse dificuldades para dormir?

18. As discussões, desapontamentos ou frustrações fizeram com que você tivesse vontade de jogar?

19. Alguma vez você já teve vontade de celebrar alguma boa sorte com algumas horas de jogo?

20. Alguma vez você já pensou em se auto-destruir como resultado de seu jogo?

 

Respondeu “sim” para sete ou mais questões? Procure ajuda profissional! A Clínica Viva oferece um tratamento exclusivo para jogadores compulsivos, o Personal Care. Saiba mais: jogador compulsivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *