Será que sou viciado em informação?

A primeira coisa que você faz, logo quando acorda, é checar e-mail ou as redes sociais? Entre passear (sem smartphone) e ficar na frente do computador, você fica com a segunda opção? Ficar 24 horas sem internet está fora de cogitação? Cuidado! Esses são alguns sintomas de que você é dependente de informação.

Se por um lado hoje há rapidez na informação, por outro, muitas pessoas ficam dependência da tecnologia. Mas existem maneiras de minimizar o uso delas, confira:

  • Anote toda vez que for acessar a internet.
  • Questione se você realmente precisa entrar em determinado site ou rede social
  • Busque novas formas de entretenimento, como livros, música ou revistas.
  • Aproveite para fazer passeios ou conversar pessoalmente com as pessoas
  • Se alguma rede social te atrapalha, desapegue. Delete a conta sem remorso.
  • Priorize uma boa noite de sono ao invés de passar a madrugada na internet. Dormir é fundamental para o corpo

A incapacidade de permanecer desconectado por muito tempo pode significar um transtorno emocional, mas há tratamento. Caso você seja ou conheça alguém dependente da internet, procure ajuda profissional. A Clínica Viva oferece tratamento ambulatorial exclusivo. Saiba mais clicando aqui

Desconectar para conectar

A dependência do celular foi abordada em um vídeo da empresa de telefonia tailandesa DTAC em 2010. A campanha, intitulada “Disconnect to Connect” (Desconectar para Conectar), promove o questionamento do uso excessivo de celular.

Vale a pena conferir o vídeo:

Com dados da Revista Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *